Burger King chega com criptomoedas à América Latina para valorizar o Whopper

Muitas empresas implementaram sistemas de pagamentos que conseguissem levar a facilidade das criptomoedas a seus clientes e, claro, adquirir algumas moedas para os cofres da firma e ter a possibilidade de utilização e valorização futuras.

A gigante do fast-food Burger King foi uma dessas empresas. No final de 2019, uma loja, na Eslovênia, do famoso BK, adicionou a novidade, permitindo que seus clientes pagassem pelos produtos com Bitcoin.

Os resultados desta jornada parecem ter sido bem satisfatórios. Tanto que a empresa expandiu a novidade para a América Latina. Por enquanto, apenas uma loja, localizada no Sambil Shopping Center, na cidade de Caracas, na Venezuela, está disponibilizando o serviço. Lá, os consumidores podem usar Bitcoin, Litecoin, Dash, Binance Coin, Ethereum e Tether.

Mas a expectativa de Jorge Farías, CEO da Cryptobuyer, responsável pela implementação da nova tecnologia na loja, é que isso seja ampliado para mais de 40 lojas espalhadas por todo o país.

O Burger King já namora as moedas digitais há algum tempo. Lojas na Eslovênia, Rússia, Holanda e Alemanha já aceitam essa nova classe de ativos como pagamento. Com a chegada da novidade na América Latina, fica a esperança de que, em breve, o Brasil seja agraciado com essa maravilha!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

arrow_upward
en_USEnglish