Feira livre de Florianópolis passa a aceitar Bitcoin

Quando precisamos comprar frutas, verdura e legumes, nem sempre os supermercados tradicionais são os mais indicados. Nestes locais, muitas vezes os alimentos são manuseados sem cuidados e possuem aparência pouco natural e zero atrativa.

Nessas horas, as também tradicionais feiras livres se tornam completamente o oposto, com preços bem mais acessíveis que muitos mercados, alimentos de maior qualidade e grande variedade de produtos.

Há alguns anos, consumidores que desejavam pagar as contas com cartões de débito ou crédito sofriam caçando moedas na carteira ou bolsa ao saber que o estabelecimento não realizava esse tipo de transação.

Com o passar do tempo, essa tecnologia foi se fazendo mais presente e facilitando a vida dos compradores. Em Florianópolis, esse avanço tecnológico se fez ainda mais marcante, pois não parou apenas nas maquininhas de cartão, mas iniciou também o recebimento por Bitcoins.

A feira em questão é chamada de Feira Orgânica. Por meio de uma parceria com a Bancryp, os produtos cultivados sem qualquer tipo de agrotóxico poderão ser comprados com transações da criptomoeda mais valiosa do mundo.

“Nossa intenção é diminuir a distância de quem produz e quem consome, disponibilizar alimentos saudáveis, incentivar a agroecologia, promovendo a cultura e o desenvolvimento local e o senso de humanidade, além de unir tecnologia e inovação”, comentou a idealizadora da feira Bel Zanella, em transcrição do portal Criptomoedasfacil.

Já a Bancryp destaca que essa é uma maneira de levar uma tecnologia avançada e de muitos benefícios, sem qualquer complicação aos consumidores.

“Nós trabalhos para proporcionar experiências únicas para todas as pessoas que possuem criptomoedas, transformando o cotidiano não só de quem paga, mas também para quem passa a receber”, comentou Alessandro Gomes, CCO da Bancryp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil