Mês: julho 2019

Analistas afirmam que Bitcoin seria alternativa à crise mundial

O termo crise nunca esteve tão constante no dia a dia das pessoas. A cada dia, um país sofre com sanções mercadológicas, dificuldades financeiras, levando a população local a enfrentar inúmeras dificuldades, como pobreza, falta de produtos básicos e empregos. (mais…)

Read More

Pela primeira vez, imóvel é comprado com Bitcoin no Brasil

Com um sistema de blockchain e uma criptomoeda, é possível comprar praticamente qualquer coisa que você queira, desde pizzas e cursos de especialização até ingressos de show de imóveis. (mais…)

Read More

Computador do foguete Apollo 11 é usado para minerar Bitcoin

Uma das grandes dificuldades dos mineradores de Bitcoin e outras criptomoedas é arcar com os altos custos do equipamento necessário para que essa tarefa seja rentável. (mais…)

Read More

Países da América do Sul se reúnem para elaborar tecnologia blockchain

Quando o Bitcoin trouxe ao público geral o conceito de criptomoedas, instituições conservadoras, como bancos tradicionais e governos, viram seus poderes ameaçados por algo nunca antes visto. Sem respostas à altura, eles decidiram, então, atacar as moedas digitais para criar uma atmosfera de medo e defender suas posições.

Com as oscilações do Bitcoin e de todo o mercado cripto em 2018 e comecinho deste ano, parece que os bancos e governos tiveram tempo para respirar e estudar um pouquinho o que a tecnologia das criptomoedas pode oferecer de melhorias ao sistema financeiro atual e outras instâncias. Após essa fase de estudos, os governos parecem ter gostado bastante do blockchain e começaram a desenvolver diversas aplicações.

Enquanto alguns países da Europa – e até mesmo a Venezuela – já estão mais avançados nesse assunto, as nações da América do Sul, enfim, começaram a pensar em possibilidades para esse tipo de ferramenta. (mais…)

Read More

Itamaraty exige conhecimentos sobre criptomoeda de novos diplomatas

Para as pessoas que acompanhando nosso Blog e as notícias do mundo cripto de forma geral, sabem que os governos tem a famosa “pulga atrás da orelha” quando o assunto é criptomoedas. Por muito tempo, mais precisamente no final de 2017, com a ascensão do Bitcoin, banqueiros e governos criticaram bastante essa forma de ativo. (mais…)

Read More

Cartões VISA passam a ser carregados com Bitcoin

A característica mais conhecida do Bitcoin é sua alta rentabilidade em investimentos. Porém, a moeda digital oferece inúmeras outras faces e até mesmo funções. Muitos usuários de criptomoedas, por exemplo, utilizam os rendimentos ou até mesmo os ativos diretamente para pagar contas ou comprar algum produto. (mais…)

Read More

Site converte salários de atletas famosos em Bitcoin

Ao contrário de nós, meros mortais, atletas de diversas modalidades costumam ganhar bons salários. É fácil lembrar, por exemplo, na época em que o atacante brasileiro Neymar deixou o Barcelona – onde já ganhava uma baita grana – e se transferiu para o Paris Saint Germain, da França. Com a mudança de clube, o atleta passou a receber um salário de “apenas” 36,8 milhões de Euros por ano. (mais…)

Read More

Maioria dos Bancos Centrais estariam interessados em criar própria criptomoeda

Quando as criptomoedas chegaram ao mercado e muitas pessoas passaram a comprá-las, bancos tradicionais e governos não ficaram nem um pouco felizes com isso. Para diminuir o interesse das pessoas nas moedas virtuais, passaram a criticar frequentemente a moeda, associando à bolhas e crimes.

Mesmo com a propaganda negativa, muitas pessoas conseguiram visualizar o potencial desse tipo de ativo e continuaram a realizar suas operações normalmente com suas criptomoedas. Inclusive, alguns governos também apostaram nas moedas como uma forma de fugir de séries crises econômicas, como Venezuela e Argentina.

Esse movimento de aceitação dos países por esse tipo de dinheiro é visto em uma pesquisa divulgada, no início do mês, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). O levantamento contou com uma série de perguntas sobre tecnologia financeira a 189 países, recebendo resposta de 96.

Os dados coletados mostram que os Bancos Centrais, como de Uruguai, China, Suécia e Ucrânia, estão cada vez mais interessados em lançar suas criptomoedas próprias, chamadas de CBDC (Central Banks Digital Currency – Moeda Digital de Banco Central, em tradução livre).

A adoção das criptomoedas, segundo a pesquisa, tem motivos diferentes, de acordo com o posicionamento econômico do país. Nos países desenvolvidos, o grande impulsionador seria ter uma alternativa para fornecer dinheiro, caso ocorre uma queda no uso da moeda local. Já em nações em desenvolvimento, as moedas virtuais seriam utilizadas para diminuir as taxas bancárias tradicionais.

Zoltan Jakab, pesquisador do FMI, acrescentou um comentário no relatório, destacando que as moedas digitais, em breve, serão uma realidade nos Bancos Centrais em todo o mundo.

Essa pesquisa corrobora com outro levantamento Proceeding with caution – a survey on central bank digital currency”, apresentado pelo Bank for International Settlements no início deste ano. No documento, os dados revelavam que 70% dos Bancos Centrais estão ou estarão envolvidos na emissão ou estudo de uma CBDC.

Read More

Casa de câmbio brasileira aceita trocar Dólar por Bitcoin

Para quem vai viajar ou precisa trocar seus Reais brasileiros por Dólares norte-americanos precisa de muita paciência e atenção. Afinal, a disparidade entre as moedas atualmente é bem grande, sendo, hoje, quase 4x o valor da moeda do Brasil. Assim, antes de comprar seus Dólares, é necessário observar as oscilações e esperar uma queda de preço interessante que torne menos dolorosa a missão de comprar a moeda norte-americana. (mais…)

Read More

Quase 60% dos norte-americanos conhecem Bitcoin

Os últimos dias do mercado de criptomoedas foi bastante agitado, principalmente para o Bitcoin. Após uma sequência de altas, as barreiras mais fortes parecem ter ficado para trás, e o preço da criptomoeda mais famosa do mundo bateu a casa dos US$ 11 mil em poucas horas. (mais…)

Read More
arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil