Cartões VISA passam a ser carregados com Bitcoin

A característica mais conhecida do Bitcoin é sua alta rentabilidade em investimentos. Porém, a moeda digital oferece inúmeras outras faces e até mesmo funções. Muitos usuários de criptomoedas, por exemplo, utilizam os rendimentos ou até mesmo os ativos diretamente para pagar contas ou comprar algum produto.

Transformar Bitcoin em dinheiro imediato para a realização de pagamentos é algo que vem crescendo no mercado cripto. Seria injusto dizer que os sistemas oferecidos são fracos ou ineficientes, porém, poderia existir, pelo menos mais opções. É preciso, também, compreender que esse processo ocorre há cerca de um ano, dois no máximo. Assim, tentar comparar os sistemas já consolidados dos tradicionais cartões de débito e crédito, que utilizam o saldo bancário para a compra de produtos e estão em desenvolvimento há décadas, é um pouco cruel com as criptomoedas.

De qualquer forma, muitas empresas estão investindo de forma robusta para alcançar um meio eficiente de pagamentos. E alguns, inclusive, já existem, mas, muitas vezes, apenas em operação em países como Estados Unidos, China e algumas nações da Europa.

O Brasil, enfim, entrou no radar das grandes empresas de pagamento. A Alterbank, em parceria com a famosa empresa de pagamentos e cartões VISA, anunciou o lançamento de um cartão que permite ser carregado com Bitcoins.

Com esse mecanismo, o cliente pode transferir alguns BTCs ao seu cartão e comprar qualquer coisa que queira. A conversão da moeda digital em dinheiro fiduciária é feita na hora, de acordo com cotação do momento, e a quantia é retirada do saldo e transferida ao vendedor.

Isso permite que qualquer estabelecimento comercial aceite o cartão, já que a bandeira VISA é aceita por praticamente todas as maquininhas tradicionais, e a moeda convertida, o lojista não chega a saber que foi pago com criptomoeda.

Outro benefício apresentado pelo novo sistema são as taxas de cobrança menores tanto para os usuários, quanto para os lojistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil