Donos de Bitcoin querem manter suas moedas o máximo possível

O sistema financeiro atual está passando por uma grande transformação. Ainda é cedo para dizer onde tudo isso irá parar, mas sabemos que o futuro começa e muito provavelmente chegará nas criptomoedas.

Criado em 2009, o Bitcoin foi a primeira moeda digital que existiu. Ele surgiu como uma resposta à falta de credibilidade e os problemas causados pela crise econômica dos Estados Unidos, dando o poder do dinheiro às pessoas e não mais a instituições ou governos.

Esse ativo digital ainda é recente e muitas pessoas ficam na dúvida se devem segurar a moeda ou vender o mais rápido possível. Segundo uma pesquisa da exchange chinesa Binance, uma das maiores do mundo, o futuro promissor das criptomoedas no sistema financeiro é muito considerado pelos donos de Bitcoins.

De acordo com os dados, 31% das pessoas que responderam à enquete vão vender suas moedas apenas quando o valor chegar a US$ 1 milhão. 25% são menos otimistas e disseram que, assim que bater os US$ 25 mil, irão comercializar seus ativos. Já 21% esperariam até US$ 250 mil para, enfim, vender seus BTCs.

Embora grande parte das pessoas pensem em se desfazer das moedas, é importante destacar que os valores estipulados para a venda ultrapassam a muito a máxima histórica, enfatizando a potencialidade do Bitcoin para o futuro.

Mesmo assim, 23% dos quase 5 mil participantes não pensam, em hipótese alguma, vender seus ativos. Um dos fatores é a perspectiva de que o Bitcoin e outras criptomoedas possam tomar a frente do dinheiro fiduciário e se tornar a principal moeda do mundo.

Bitcoin e altcoins são o futuro da nossa economia e, hoje, há muito acesso a informação sobre as criptomoedas e a esse mercado também. Com a Cryptal, você pode começar a investir na classe de ativos que mais se valoriza e alcançar rentabilidades sólidas e com muita segurança. Acesse nosso site e confira os planos de participação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil