Blockchain dá segurança a aplicativos semelhantes ao Tinder

Você pode nunca ter instalado uma única vez o aplicativo de encontros Tinder em seu celular. Mas ele é tão popular, que você até perde as contas de quantos amigos e amigas já o possuem. E vai além… Com certeza você até saber utilizar o programa, sem nunca ter mexido.

Sites de encontro sempre foram muito utilizados pelas pessoas. Afinal, quem não curte uma boa companhia, ainda mais com um aparato tecnológico embutido que irá encontrar alguém com boa aparência e interesses semelhantes aos seus.

Até há alguns anos, esse tipo de serviço era visto com desprezo e até mesmo como propaganda enganosa, acreditando que de tecnologia o serviço tinha é nada. Porém, há muito trabalho técnico envolvido por trás de vários sites de namoro. O problema é que muitas vezes eles são falhos.

Para diminuir perfis falsos, a empresa Blockonomi desenvolveu o datting app Viola.AI. Nele, a tecnologia do blockchain foi implementada para aumentar a segurança dos usuários.

O blockchain, base das criptomoedas, funciona em conjunto com programas de reconhecimento facial e inteligência artificial. Assim, é possível não só confirmar a identidade do usuário, mas também a veracidade de suas fotos, tudo de forma aberta, transparente e acessível a todos.

“Confiança e segurança vêm do blockchain, já que os utilizadores precisam passar por uma plataforma de gestão cívica” explicou Oliver Dale, editor-chefe da Blockonomi.

Nos Estados Unidos, em 2017, o FBI registrou mais de 15 mil queixas de fraudes amorosas, gerando perdas de US$ 210 milhões. Mais uma vez, a tecnologia das criptomoedas se mostra relevante diante os problemas do mundo. Por isso, seus valores no mercado são extremamente altos. Faça parte do mercado com classe de ativos que mais cresce no mundo. Acesse o site da Cryptal e confira os planos de adesão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil