Criptomoedas passam a ser aceitas por ONG que cuida de crianças carentes

Muitas pessoas já se sentiram bastante motivadas a fazer doações a ONGs (Organizações não Governamentais). Mas, em vários casos, há certo receio em saber se realmente o seu dinheiro está sendo direcionado para a causa. Essa dúvida é um dos grandes empecilhos para que projetos super legais e que ajudam pessoas no mundo todo alavanquem. E as criptomoedas chegam nesse cenário trazendo a solução.

A ONG Save The Children, que cuida de crianças em situação de vulnerabilidade, adicionou recentemente em sua plataforma de doação as opções de pagamento com moedas digitais, entre elas o Bitcoin Cash e a ZCash.

Outras organizações desse tipo, como a Liberland Aid Foundation, Code to Inspire e No Kid Hungry, que levam comida, água, roupas, produtos de higiene pessoal, entre outros, também aderiram às criptomoedas.

Dois fatores se tornaram atrativos para as ONGs. O primeiro deles é a facilidade em que qualquer pessoa no mundo pode fazer uma doação, em qualquer quantia e de forma barata. O segundo ponto, e o mais importante, é a transparência que a tecnologia do blockchain oferece, garantindo o destino da doação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil