França consegue êxito em teste de criptomoeda própria

No final do ano passado, a China iniciou um processo muito rápido de desenvolvimento da tecnologia blockchain no país e de uma criptomoeda emitida pelo próprio Banco Central (CBDC). Por ser a segunda maior economia do mundo, claro, que isso incentivou vários outros governantes a acelerarem seus projetos de criação da moeda digital local para não permitir a hegemonia de uma única nação.

 

Os investimento globais para esse desenvolvimento é alto e muitos países estão colocando bastante esforço técnico e legislativo nessa elaboração, que não é fácil, nem rápida, principalmente por ser uma tecnologia muito nova no mundo, com apenas dez anos.

 

Um passo a frente dos demais, a França está mais próxima de emplacar seu próprio ativo. O Banco Central francês anunciou recentemente que realizou com êxito o piloto do chamado Euro digital, que opera em uma blockchain própria.

 

Essa primeira etapa foi feita com a venda de títulos para a criptomoeda do Banque de France, em 20 de maio. Porém, o foco da comercialização do ativo digital não seria o varejo, mas, sim, o atacado. Ou como a instituição denominou: “regulamentos interbancários”.

 

A partir dessa fase, o Banco Central da França deverá seguir com a ampliação dos testes da criptomoeda da zona do Euro, embora ainda exista um impasse se o país se manterá ou não participando do bloco econômico europeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil