Autoridade chinesa diz que desenvolvimento de criptomoeda estatal está concluído

No final do ano passado, a China tomou a liderança mundial no desenvolvimento da tecnologia blockchain em todo o mundo e também na elaboração de uma criptomoeda emitida pelo próprio Banco Central (CBDC). Poucos meses depois, o desejo do presidente local parece estar se tornando realidade.

 

Com o projeto bastante acelerado na região, o ex-vice-presidente do Conselho Nacional para o Fundo de Seguridade Social do Banco Popular da China, Wang Zhongmin, anunciou que o Yuan Digital está com sua arquitetura de backend – aspectos técnicos da tecnologia – concluída.

 

De acordo com Wang, o país quer criar uma infraestrutura de pagamentos, permitindo que uma criptomoeda estatal participe do mesmo cenário que as descentralizadas e já consolidadas, como o Bitcoin. Além disso, ele espera que exista ambientes de competição e cooperação mais saudáveis.

 

Para a autoridade chinesa, a pandemia do novo coronavírus foi o grande responsável pela onda de desenvolvimento de CBDCs pelo mundo, inclusive na China. A Libra, criptomoeda do Facebook, também foi um gatilho muito importante para governos olharem com mais atenção para essa nova classe de ativos, acredita Wang.

 

Algumas cidades do país já realizam alguns testes da tecnologia, como já destacamos aqui em nosso Blog. Inclusive, leis específicas para o uso já estão sendo elaboradas entre os órgãos de regulamentação. As empresas Alibaba, Tencent, Huawei e China Merchants Bank também estariam trabalhando, junto com o Banco Central chinês, no período de testagem.

 

O chefe da Ledger Vault, Glenn Woo, em entrevista ao portal Cointelegraph, acredita que, embora muitos governos estejam investindo em uma CBDC, a China deverá ser o primeiro país a lançar, oficialmente, uma criptomoeda estatal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil