KISA confirma uso de blockchain em novo projeto

Com a vinda da pandemia do novo coronavírus, muitas empresas tiveram que correr para se adaptar a um novo mundo sem toques ou contatos físicos. Comprimentos de mão e abraços estão temporariamente proibidos e manter a distância é essencial.

Aproveitando essa onda de acontecimentos, a agência sul-coreana Korea Internet & Security Agency, anuncia seu novo projeto que promete realizar a verificação de seus funcionários utilizando tecnologia blockchain. 

O programa, que tem o objetivo de identificar funcionários com ajuda de QR Code, é digitalizado por NFC. Este sistema, chamado de Comunicação por Campo, permite que dispositivos troquem informações sem a necessidade de cabos, além de parear aparelhos ou chips.

Tudo o que os trabalhadores precisam é baixar um aplicativo no próprio celular. Por meio deles, os servidores terão acessos aos escritórios e locais de trabalho, sem precisar tocar em outros aparelhos externos ou qualquer chave física. 

Uma outra grande novidade divulgada nos planos da KISA, é a criação de tokens. Chamados de KISA Coin, estes funcionarão como uma forma de recompensa aos funcionários que tiverem maior destaque. Com eles, as pessoas poderão comprar desde itens de alimentação, como lanches e bebidas, até materiais para escritório.

O novo programa deverá ser implantado já em outubro, e o primeiro local a receber a tecnologia será a sua sede, em Naju, província de Jeolla do Sul. Logo após, serão instalados nos escritórios em Seul e em Pangyo. A expectativa é que todos estejam em perfeito funcionamento até o final de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil