Ex-jogador da seleção japonesa e atual meia do Botafogo anuncia sua criptomoeda

Cada vez mais jogadores  e clubes de futebol começam a demonstrar interesse em entrar no mercado das criptomoedas. Recentemente, um dos maiores times da Europa, o Paris Saint-Germain, atual casa de Neymar, anunciou a tokenização de seus atletas..

Agora a novidade vem de um japonês que joga no Brasil. Keisuke Honda, ex-meia da seleção japonesa, acaba de lançar a KSK Honda Coin, desenvolvida na blockchain Rally.Io, uma plataforma de criação de app de jogos e criação de streaming.

O novo token possibilitará aos fãs o contato mais direto com o jogador. Além do acesso a conteúdos exclusivos, os usuários também poderão interagir com Keisuke utilizando canais privados.

O ex-jogador da seleção japonesa está animado e promete melhor engajamento com os fãs. “Decidimos criar um token social para construir novas conexões com nossos fãs mais leais”, comenta Honda.

Essa não é a primeira vez que um atleta anuncia uma criptomoeda própria. Os jogadores brasileiros  Daniel Alves, Willian Borges da Silva e José Paulo Bezerra Maciel Junior, mais conhecido como Paulinho, também tiveram a iniciativa em 2018.

O projeto apresentado pelo trio na época tinha como objetivo ser uma moeda nativa que poderia ser usada na compra de itens oficiais dos clubes e de jogadores parceiros, com acesso à produtos e até ingressos para jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil