Cryptal Blog - news from around the world

Recente falsificação de ouro não aconteceria com Bitcoin, diz analista

Já faz algum tempo que fizeram a primeira comparação entre o ouro e o Bitcoin. O metal, por conta de sua escassez, possui um alto valor no mercado. A criptomoeda, da mesma maneira com capacidade limitada, também apresenta preços altos preços. Ambas também funcionam como reservas de dinheiro. Mas, hoje, há algumas disparidades entre eles. (mais…)

Read More

Analista diz que Bitcoin vai dobrar seu valor em breve

Após sair do período de baixa e subir degraus dia a dia, o Bitcoin está em um momento muito bom no mercado de criptomoedas. Ao considerar o comportamento dos investidores e as características do ativo, o futuro parece ainda melhor do que o presente. (mais…)

Read More

Desde a criação, Bitcoin foi lucrativo em 98% do tempo

Para quem acompanha o mercado de criptomoedas e se aventura em compreender alguns gráficos, vê barrinhas subindo e descendo a todo o momento, indicando as oscilações de valor da moeda. (mais…)

Read More

Computador do foguete Apollo 11 é usado para minerar Bitcoin

Uma das grandes dificuldades dos mineradores de Bitcoin e outras criptomoedas é arcar com os altos custos do equipamento necessário para que essa tarefa seja rentável. (mais…)

Read More

Mineração de Bitcoin aquece indústria de energias renováveis

Desde o “boom” do Bitcoin, em 2017, grandes empresas começaram a investir constantemente em novos hardwares e equipamentos para a mineração de diversas criptomoedas. (mais…)

Read More

Mineração deverá ser feita com energia nuclear na Bielorrússia

A mineração de criptomoedas é o ato de “emprestar” seu computador ao sistema blockchain daquele ativo, como livro-caixa, para contabilizar e verificar as transações em troca de porcentagens daquela moeda.

Para essa atividade, dois elementos básicos são necessários. O primeiro deles é um computador – ou vários – específicos para a mineração. Esses equipamentos são bastante caros. Por conta dessa alta tecnologia dos computadores usados na mineração e a necessidade de manter os equipamentos em funcionamento 24 horas por dia, a demanda por energia elétrica é bastante alta, sendo esse o segundo problema da mineração.

Recentemente, algumas empresas grandes focada nessa tarefa deixaram de minerar criptoativos por conta da alta nos preços da eletricidade e a queda no valor das moedas, consequentemente, no retorno pela mineração.

A Bielorrússia se atentou a essas dificuldades e anunciou, na última semana, durante o evento High Technologies Park, por meio de seu presidente Alexander Lukashenko, que irá direcionar parte das reservas de energia nuclear do país para fazendas de criptomoeda.

Segundo o chefe do executivo, as novas instalações, que contarão com dois reatores nucleares, serão construídas em uma região próxima à fronteira com a Lituânia. A previsão de entrega da obra é para o verão de 2020.

“Da atividade das usinas, a energia excedente será utilizada em fazendas de mineração. Se temos o Bitcoin, não há problemas em vender, não é mesmo?”, comentou Lukashenko no evento.

Essa medida pode tornar o país referência na mineração de criptomoedas e, inclusive, acolher o maior pool de mineradores do mundo, que são formados por empresas chinesas que pausaram a atividade no país por possíveis sanções do governo.

Read More
arrow_upward
pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil